quarta-feira, abril 20, 2005

Questão pertinente

Será que os adeptos do FC Porto que ficaram indignados pela opção do Estoril em jogar no Algarve, contra o Benfica, para obter a maior receita da época, não ficaram também indignados pelo facto do Setúbal ter optado por não fazer jogar nas Antas os melhores e principais jogadores da equipa, entre eles, Jorginho, Sandro e Igor. E será que não ficaram também indignados por na baliza do Setúbal ter estado um guarda-redes já contratado, oficialmente, pelo FC Porto por 200 mil contos.

6 Comments:

At 4/20/2005 12:15:00 da tarde, Blogger Dourador de apitos said...

Não acho as questões comparáveis, mas sempre direi que a escolha da equipa titular e a opção por poupar jogadores sempre é uma opção técnica e não - tanto quanto sei - da Direcção do clube.
Quanto ao guarda-redes engana-se!!
Não jogou o Paulo Sérgio, mas sim um brasileiro de cujo nome não me recordo e que, por sinal, até fez uma bela exibição...
Mais rigor e menos facciosismo.

 
At 4/20/2005 01:37:00 da tarde, Blogger Dourador de apitos said...

E mais uma:
Os sadinos lá conseguiram, como era o seu objectivo, apurar-se para a final da Taça.
Será que o Estoril, dispensando 3 pontos, vai conseguir fugir à despromoção??

 
At 4/20/2005 01:49:00 da tarde, Blogger meia distância said...

Não percebo tanta conversa.
O estádio do Algarve é equidistante de Lisboa e do Estoril.
Sendo o Estoril uma região de gente com dinheiro, quem sai mais prejudicado?

 
At 4/20/2005 02:05:00 da tarde, Blogger Dourador de apitos said...

Tu não andas bem...
O teu cérebro "avermelhou"...
Quantos adeptos tem o Estoril no Algarve e quantos tem o SLB??

 
At 4/20/2005 02:23:00 da tarde, Blogger meia distância said...

Ora bem. Ainda bem que me coloca essa questão...
Os ingleses que moram no Estoril passam o fim-de-semana no Algarve.
O Benfica é um clube de Lisboa... esta foi a frase mais hilariante do G. Aguiar no dia seguinte.

 
At 4/20/2005 03:45:00 da tarde, Blogger Benfiquista desolado said...

Quanto ao guarda-redes peço desculpa, mas pelo valor do seu passe julgava que era titular indiscutível. Em relação ás situações serem comparáveis, de facto não são. Uma é explicada por uma questão financeira a outra... Mas para mim isto nem era novidade, é que quando eu fui a Setúbal ver o Benfica, fiquei ao lado de sócios do clube sadino que curiosamente já adivinhavam que isto iria acontecer. Mais questionavam os referidos sócios, a relação estreita entre os dois clubes esta época, e o facto de José Couceiro ter ido para o FC Porto sem que o clube tivesse recebido qualquer compensação por isso, ainda para mais numa época em que o FCPorto recebeu uma choruda compensação por ter deixado o Mourinho ir para inglaterra

 

Enviar um comentário

<< Home