terça-feira, abril 12, 2005

Carta aberta para Sá Pinto

«Espanta-me que não existam imagens sobre o que se passou»

Caro Senhor Sá Pinto,

Nem sempre pode haver um jornalista ou uma câmera atrás de si, sempre que decide bater em alguém. Para além do mais para figuras tristes, tornadas públicas, já nos bastou as agressões a Artur Jorge, em pleno Estádio do Jamor. Já pensou, proventura, que nem toda gente estará interessada nos seus dotes de boxeur.
De qualuqer forma se isso o diverte sugiro que compre um daqueles telemóveis com câmera fotográfica e de filmar. Para mais tarde recordar. Imagine o que iria divertir-se.

Sem outro assunto despeço-me atenciosamente.

7 Comments:

At 4/12/2005 05:52:00 da tarde, Blogger LEÃO DESDENTADO said...

Se calhar o Sr benfiquista desolado não percebeu o que o Sá Pinto queria dizer. O que o jogador leonino confidenciou é que estranha que as câmaras do túnel do Bessa não tenham detectado nada. Ou se calhar filmaram algo (a verdade) e que nunca chegará a ser divulgado por opção dos boavisteiros. Isto é uma pura especulação, mas já se viu de tudo no futebol português... até um jogador agredir um seleccionador nacional por este não o ter convocado! Mas esta história, um dia destes, escrevo a verdadeira (relatada por Fernando Seara que então fazia parte da Comissão de Disciplina).

 
At 4/12/2005 06:10:00 da tarde, Blogger Benfiquista desolado said...

Caro leão... Cada um acredita no Pai Natal até á idade que quer... Então o relatório policial, não conta? Por um acaso não o terá lido? Ele é bem explícito e não acredito que tenha mentido propositadamente só para prejudicar o Sporting e o senhor boxeur. Quanto à verdadeira história do seleccionador fico a aguardar ansiosamente. Proventura terá dados importantes que poderão mudarão a história do futebol português... e que provarão, por certo, que Sá Pinto é o que foi agredido e não o contrário. Aliás consta que nesse dia terá chegado com os dois olhos negros a casa e uma perna partida.

 
At 4/12/2005 06:23:00 da tarde, Blogger Benfiquista desolado said...

Agora falando sério. À falta das imagens televisivas de que se queixa Sá Pinto penso que o relatório policial, deve ser considerado uma fonte credível, digo eu.

Então lá vai:

O relatório da PSP acerca dos incidentes no túnel de acesso aos balneários do Bessa, no final do Boavista-Sporting de sábado, é taxativo em relação a três aspectos: Sá Pinto deu um murro nas costas de João Freitas; Pedro Barbosa afirmou não ter medo de um agente da autoridade; e Lucílio Baptista apercebeu-se de parte dos incidentes, ao contrário do que faz crer o relatório do juiz.

Mas vamos por partes. O documento, a que a Renascença teve acesso, refere que o número dez do Sporting “agrediu com um soco nas costas o referido delegado [João Freitas]”, no final do jogo, depois de já ao intervalo os dois terem provocado “desacatos”.

O relatório é ainda peremptório em relação ao árbitro. “Viu o que se passou, pois comentou da seguinte forma: ‘Ena, que chapada”, expressão que terá sido “escutada pelo agente que se encontrava a fazer segurança à equipa de arbitragem naquele momento”.

Quanto ao capitão leonino, ele é mencionado em duas passagens do relatório de oito páginas, por “atitudes impróprias para com o agente que ali se encontrava a tentar acalmar os ânimos, chegando a afirmar que não lhe tinha medo”.

Pedro Barbosa é ainda acusado de ter agarrado o braço ao agente, tentando impedi-lo de “separar os contendores”. Por isso, o elemento da PSP mantém a intenção de “proceder criminalmente” contra o capitão.


Teoria conspirativa: A polícia mente, o capitão é sobrinho de Valentim Loureiro: João Freitas passa a correr pelo Sá Pinto dá-lhe um calduço e diz toma!!! Sá Pinto aproveita o facto de João freitas já ter passado por ele e dá-lhe um murro nas costas.

 
At 4/12/2005 06:49:00 da tarde, Blogger LEÃO DESDENTADO said...

Meu caro amigo, não duvido que o Sá Pinto tenha agredido o João Freitas. O que eu continuo a afirmar é o facto de inicialmente existirem imagens (que até foi confirmado pelo Sr Freitas que as disponibilizou imediatamente), para num momento ulterior afirmar que "afinal não se vê nada". Continuo a acreditar (penso que é mesmo esta a palavra adequada) que esta história apresenta algumas falhas.
Por muito estúpido que o nº10 leonino seja, depois de um jogo nunca entraria num túnel cheio de polícias, jogadores, delegados, etc, e agrediria um dirigente de um clube adversário (após ter "espetado quatro secos") sem mais nem menos. E se o relatório da polícia é tão exacto e correcto, porque razão o futebolista em questão ainda não foi castigado (além dos 12 dias de suspensão)? Talvez porque a investigação ainda não terminou. E se ainda não terminou, ainda não se está na posse de todas as provas. E se ainda não se está na posse de todas as provas, não se pode já estar a incriminar um jogador como têm feito.
Em suma, não duvido que o atleta do Sporting venha a ser castigado (justamente), mas é melhor não se falar cedo de mais. Não estou com isto a defender o jogador, pois até continuaria a afrimar o mesmo se fosse um jogador do FCP ou SLB.

Em relação à história do Sá Pinto com o Artur Jorge, apesar da atitude do futebolista ser mais do que condenável, muitas pessoas sabem que a história que foi divulgada não coincidia bem com a verdade dos factos. E penso que tu também sabes disto.
Mais, quando me refiro à questão da confidência do Fernando Seara(que na altura fazia parte da comissão de disciplina que analisou este caso), há testemunhas (e que tu também conheces), que ouviram o relato dos factos do agora Presidente da Câmara de Sintra e que atenuavam um pouco a culpa do Sá Pinto e responsabilizava também o Artur Jorge pelos acontecimentos. Mas isso é uma história que fica para outro dia.

 
At 4/13/2005 12:17:00 da manhã, Blogger Capitão Américo said...

Ora ora... parem um pouco e leiam o que escreveram. Voces devem andar doidinhos.

ENTÃO NÃO É ISO QUE A GENTE GOSTA DO FUTEBOL???

ISTO É ESPECTÁCULO MEUS AMIGOS!!!

 
At 4/13/2005 10:48:00 da manhã, Blogger Distribuidor de Fruta said...

Tá vivo, o gajo...

Pensei que tivesse deixado de haver internet em Angola.

 
At 4/14/2005 11:55:00 da tarde, Blogger meia distância said...

Caro leão desdentado:
Não tente denegrir a imagem do sá, tirando-lhe o mérito de ter enfiado um ou dois bananos no focinho do bigodes...

 

Enviar um comentário

<< Home