segunda-feira, maio 29, 2006

FC Porto B na SuperLiga

Depois de ter acabado com a equipa B, o FC Porto anunciou que iria procurar um clube satélite para poder rodar os seus jogadores. Aí está o clube eleito pelos responsáveis azuis e brancos: a União de Leiria. Em troca de João Paulo - vamos ver se na próxima época não fica a rodar em Leiria - o FC Porto cede um treinador e ainda com 5 ou 6 jogadores. Tudo isto entre dois clubes da mesma divisão e entre os quais na época passada, se bem se lembram, existiu um acordo, proibido por lei, em relação à utilização de Maciel.
Claro que para os adeptos portistas isto é normal: alterar a verdade de um campeonato é alterar um jogo para o Algarave com o objectivo de fazer uma maior receita!








Ps: Para além destes ainda existem mais dois jovens, ao que tudo indica, a caminho do União de Leira de nome Marco António e Pedro Ribeiro, que infelizmente, não consegui encontrar a foto.

7 Comments:

At 5/29/2006 12:27:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

É uma alarvidade o q o Porto gasta em ordenados e em "pessoal"..Este caso é só a ponta do véu

 
At 5/29/2006 12:34:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Mas ao Soares Franco não faz qq confusão, pelo contrário, aparece todo sorridente e prazenteiro ao lado do mafioso. Q tristeza e ainda se atrevem a criticar o "orelhas" pelas atitudes q toma, as relações cortadas com o Porto são a maior evidencia do diferente tipo de abordagem, de actuação e de estar no Futebol

 
At 5/29/2006 12:40:00 da tarde, Blogger Dourador de apitos said...

Estás a confundir as coisas!!
Alterar um jogo, tal como o jogo em causa foi alterado, é ilegal. Se é normal, ou não, depende do ponto de vista...

Quanto ao caso Maciel a "isenta" Liga achou que não havia nada de ilegal. Se é normal, ou não, depende do ponto de vista...

Quanto ao ex-treinador da equipa B do FCP ser contratado pela UDL, tb não vejo nenhuma ilegalidade. Se é normal, ou não, depende do ponto de vista...

Quanto ao FCP "dar" jogadores e preferência sobre jogadores "emprestáveis" à UDL em contrapartida de uma transferência, não só é legal como é prática corrente de todos os grandes. Se é normal, ou não, depende do ponto de vista...

Quanto a clubes satélites:
A UDL não é o Alverca, nem o Estoril, e não consta que o FCP ou algum dos seus dirigentes e ex-dirgentes sejam accionistas da sua SAD...

 
At 5/29/2006 12:59:00 da tarde, Blogger Benfiquista desolado said...

Eu só falei de legalidade no caso da não utilização Maciel e tendo em conta as declarações do seu treinador Jorge Jesus "são situações de palavra de honra".
O que a Liga achou, ou não é me indiferente e já estou habituado. Isso não é ilegal, pagar viagens ao Brasil também não, muito menos ser angariador de clientes àrbitos para prostituas da área do grande Porto.

A expressão que eu utilizei foi "alterar a verdade de um campeonato". E essa, a acontecer estes empréstimos (5 jogadores e um treinador não me lembro de haver nenhum clube que o tenha feito) fica definitivamente alterada.

Quanto ao facto de nenhum dirigente do FC Porto ser accionista da SAD do Leira, antes fosse... talvez tivesse algum interesse em que o clube não oferecesse 6 pontos de bandeja a um outro adversário.

 
At 5/29/2006 01:47:00 da tarde, Blogger T-Rex said...

"(...)Quanto a clubes satélites:
A UDL não é o Alverca, nem o Estoril, e não consta que o FCP ou algum dos seus dirigentes e ex-dirgentes sejam accionistas da sua SAD...(...)"

Pois é dourador... depende mesmo do ponto de vista! ;)

 
At 5/29/2006 03:20:00 da tarde, Blogger Red Glock said...

Atenção que o Maciel já se encontra desvinculado do fcp, e vai rumar para o SC Braga!

 
At 5/29/2006 04:09:00 da tarde, Blogger LOM said...

Lá vai o FCP começar o campeonato com 6 pontos de avanço...

 

Enviar um comentário

<< Home