segunda-feira, abril 04, 2005

O regresso e Olegário...e Lucílio

Mais uma jornada! Confesso que esta segui com especial interesse depois de conhecer as nomeações de Mouco Aguiar e companhia, esperemos que as últimas do seu reinado.

Nas Antas, contra o Gil Vicente, Olegário Benquerença. O jogo ideal para o FC Porto quebrar o jejum no Dragão, com menor ou maior dificuldade.
E Benquerença não desiludiu. Depois do jogo Benfica-FC Porto, este senhor voltou a fazer das suas. Aquela mão de Jorge Costa dentro da área, do tamanho do Mundo - repararam o ar com que o jogador saiu da jogada, até ele ficou embaraçado por Olegário não ter marcado o penalty. LINDO!! Mas o que interessa é que o FC Porto quebrou o enguiço, e até Postiga marcou um golo...por falar nisso é curioso que tenha sido Scolari, tantas vezes criticado pelos adeptos, dirigentes e treinadores azuis e brancos a reabilitar este jogador.

Quanto a Lucílio, depois de vetado na joranada anterior para o embate contra o FC Porto, recebeu um presente da CA e lá foi ele apitar o clube do seu coração. Lucílio é, sem dúvida um case studie interessante, a prova que os árbitros são humanos. Da minha parte merece os parabéns: é sem duvida um dos melhores árbitros portugueses mas tem um clube da sua preferência... e quando apita jogos envolvendo o seu clube não faz questão de não o esconder. Foi bonito, quase ternurento, a forma como Lucílio recuou a mão para não expulsar Pedro Barbosa, isto para além da forma como conduziu o encontro. Nada a que não estejamos já habituados de outros encontros dos leões, em especial, contra o FC Porto.
Pena é que os adversários não compreendam a posição de Lucílio e que os jogos do Sporting apitados, por ele, acabem sempre em violência, murros, camisolas rasgadas, expulsões no acesso ao balneário, etc... Faço um apelo ao Mouco e ao Aguiar: por favor continuem a nomear Lucílio Batista para os jogos do Sporting. São sempre os finais de encontro mais emocionantes da SuperLiga...

Quanto ao meu Benfica, talvez influenciado pela mão de Jorge Costa, o BANDEIRINHA resolveu anular mal, segundo os críticos, um golo a Nuno Gomes. Na minha opinião, e não é por ter sido O BANDEIRINHA a assinalar a suposta falta, a equipa de arbitragem merece do benefício da dúvida. À primeira vista fica toda a sensação que Nuno Gomes domina com a mão.

2 Comments:

At 4/04/2005 01:41:00 da tarde, Blogger LEÃO DESDENTADO said...

Meu caro amigo Benfiquista desolado, repito o meu comentário e volto a afirmar: Lucílio Baptista só teve uma falha durante o Boavista-SCP que foi assinalar falta no lance entre o Barbosa e o Tiago. Mas a bem do jogo, ressalvou o erro a tempo e não lhe mostrou o cartão. Desta forma, até penso que teve uma boa arbitragem.
Já agora, o Sr João Loureiro deve ter visto outro jogo que o meu, porque além do "suposto" lance que ditaria a expulsão (injusta) do capitão leonino, o penalti sobre o jogador axadrezado e que o presidente boavisteiro tanto se queixou, é completamente inexistente.
E se o Sr benfiquista desolado acha que este jogo contra o boavista foi "violento e com murros, expulsões, etc", é porque não deve ver muitos desafios entre os (supostos) três grandes e o emblema do norte. Todos estes encontros acabam em cenas de pancadaria. Por isso, vamos ser isentos e desta x não vamos culpabilizar o árbitro que até não fez um mau trabalho. Vamos sim culpar os dirigentes e técnicos "incendiários" como João Loureiro, Jaime Pacheco e Alfredo...

 
At 4/05/2005 08:17:00 da tarde, Blogger Dourador de apitos said...

Oh meu amigo/irmão!!
Como parece que não viu o FCP/Gil Vicente - asseguro-lhe que não perdeu nada - aqui vai a apreciação da Bola ao árbitro:

OLEGÁRIO BENQUERENÇA (3)
Tarde para esquecer. Penalties perdoados a Carlos Carneiro (10) e a Jorge Costa (50). Falta inexistente no livre do golo. Erro no cartão a Casquilha, faltou segundo amarelo a Coentrão (52) e um primeiro a Postiga(84).

Se o FCP tivesse falhado um penalty ao 10m, não tivesse marcado + nenhum golo depois e não tivesse aproveitado 40m a jogar em superioridade numérica contra a pior equipa do campeonato...
Não foi, de facto, um benefício escandaloso para o FCP??

 

Enviar um comentário

<< Home