segunda-feira, outubro 30, 2006

Estava enganado...

Tinha prometido "postar" às quintas, e não foi de propósito que esperei pelo resultado da visita ao dragão para escrever qualquer coisa...mas aqui vai.

Esperando eu no Sábado um roubo de igreja, optei por não ver o jogo (o meu coração já não é o que era). Claro está que fiquei lixado com o resultado, ou talvez ainda mais com a sua evolução. Todos sabemos que perder (ou às vezes empatar) nos descontos é lixado, particularmente quando se recuperou 2 golos. Ainda assim, digeri bem a derrota.

No Sábado à noite assisti aos golos e comentários, e tirei um ponto positivo: falou-se de golos e de tácticas e não se referiu o Árbitro. Pensei: pelo menos fala-se de futebol e não dos apitos mais ou menos dourados...antes assim, um jogo sem polémicas...

No Domingo percebi que afinal estava enganado. Vi imagens inadmissíveis de um sr veiga, tripeiro por sinal, a responder com o nível que tem, às provocações dos morcões. Repito, acho que são atitudes inadmissíveis num dirigente do Glorioso. Na minha opinião, a Direcção devia suspendê-lo, multá-lo e pedir publicamente desculpas aos adeptos do fcp. Só não peço a demissão do dito senhor, porque admito uma resposta a quente num momento daqueles. De qualquer forma, sempre declarámos e defendemos a superioridade do Glorioso, nomeadamente em relação a provocações mesquinhas de clubes regionais, ou locais, e não podemos por isso mesmo, deixar passar em claro uma atitude destas.

Hoje percebi que realmente há coisas que nunca mudam. Nomeadamente o nível rasteiro dos dirigentes do Porto, apoiados há anos pela grande maioria dos adeptos, que desta forma legitimam e rebaixam o seu próprio clube. Para além de afirmar que o Katsouranis lesionou o Anderson intencionalmente e de forma premeditada e planeada, o que só alguém com muito má fé pode afirmar (deveriam ser processados e responder em Tribunal, se bem que o sr costa raramente seja enfrentado por um juiz que não esteja comprado...mas enfim...), caracterizam a equipa do Benfica como, e cito: "foi vítima da violência de uma equipa que, a ter em conta a folha disciplinar, não é propriamente bem comportada".

Talvez os ditos dirigentes se esqueçam de alguns pormenores: as expulsões dos jogadores do Benfica têm sido sempre por reclamação com os árbitros (segundos amarelos) e normalmente encomendadas pelos mesmos dirigentes que fazem estas brilhantes declarações (vide Micolli).

Mais, uma equipa e um clube que nunca (!) penalizou um animal chamado Paulinho Santos durante os anos de uma carreira de agressões selvagens, não tem moral (até porque os dirigentes são os mesmos...) sequer para comentar o caso (que foi, na minha opinião, um lance dce futebol para amarelo, e nada mais). E não esquecer as agressões mais recentes dos tripeiros: Lembram-se do ano passado?? Uma cabeçada do Bruno Alves no Nuno Gomes. Lembram.se do Maniche na final da taça (sim a que o Mourinho perdeu) a entrar à karateca nas costas do Simão (acho que era o Simão,...), ou da cotovelada do Nuno Valente ao Fissas no mesmo Jogo? Podia começar a desenrolar as cenas de violência das equipas do fcp sobvre árbitros, das agressões do fernando couto, etc etc etc, mas para quem tem memória curta não vale a pena...Se há um clube que sempre fomentou o futebol duro e muitas vezes violento, não foi concerteza o Benfica, até porque, mesmo sem condenações em tribunal, sabemos quem mandava (e ainda mexe) nos homens do apito, por vezes bem dourado...

6 Comments:

At 10/30/2006 10:38:00 da manhã, Blogger falsolento said...

Assino por baixo!

É inadmissível ver um dirigente do Benfica a comportar-se daquela maneira, espero sinceramente que seja penalizado. Aquilo é o comportamento típico da cambada de grunhos e criminosos que é o FC Porto, não se admite no Benfica! O Veiga não pode nunca esquecer-se que mudou de ares e que não pode fazer de conta que ainda está no FCP. Que corram com ele na primeira oportunidade, já não há paciência!

Quanto ao comunicado do Porto, muma palavra, NOJENTO. Espero que os processem, não serve para nada mas marca uma posição.

 
At 10/30/2006 11:19:00 da manhã, Blogger Dourador de apitos said...

Deves "postar" sempre que e como quiseres...

Só algumas notas/respostas:

1. Sábado (e ao contrário do que se passou durante a semana, e hás-de convir/aceitar que não veio lá de cima) só houve mesmo jogo e futebol. Não acho que seja assim tão raro, mas enfim...

2. Domingo e Veiga não me surpreenderam. Não é por ter sido do FCP, ou por hoje ser do SLB, é mesmo porque não tem berço, nem nível e, ainda para mais, ficou sem cheta... Precisa muito mais do SLB do que vocês precisam dele!!

3. Desculpa, mas estás tão "cego" como os Dirigentes do FCP!!

Como é óbvio, não acho que a lesão seja intencional/agressão, mas custa-me muito que um jogador fique parado sem que o outro sofra alguma sanção...

Quanto ao número de cartões do SLB, é um dado estatístico/objectivo e com ou sem encomendas (que serão as do jogo como o Estrela), são muitos/demais e devias preocupar-te...

Quanto a lembranças e caceteiros famosos:
O FCP pode nunca ter penalizado os jogadores de que falas, mas os mesmos sempre foram penalizados pelos àrbitros e/ou pelas instâncias desportivas, sendo recente a "perseguição" que foi movida ao Benny...

Na história recente os caceteiros são do SLB e os lesionados do FCP:
PAlmeida / Diego
Karagounis / Lisandro
Katsouranis / Anderson

Não terão sido lances intencionais, mas é uma coincidência desagradável e pouco abonatória!!

4. Quanto ao "delírio" dos julgamentos, dos juízes comprados e das absolvições:
Curiosamente, o Vale e Azevedo diz o mesmo sempre/quando é (sucessivemente) condenado...
Os juízes estão comprados, ou contra ele!!
Embora aqui seja ao contrário, esta mania da perseguição deve ser um qualquer síndroma benfiquista...

 
At 10/30/2006 12:04:00 da tarde, Blogger O pé que está mais à mão said...

Caro Dourador,
citando não sei bem quem: "o pior cego é aquele que não quer ver."

Não me digas que achas normal a relação dos dirigentes do fcp com a classe dos árbitros??

Em qualquer país civilizado, um Presidente de um clube que recebesse árbitros em casa na véspera de jogos era pura e simplesmente irradiado do futebol. Sem ser preciso apitos ou outros objectos metalizados...

Concordo com o ponto 1 e 2, mas não concordo nada com o nº3. A entrada do Katsouranis é um lance duro de futebol, merecedor de cartão amarelo, mas não mais do que isso. O anderson teve azar, paciência.

Naturalmente preocupo-me com os cartões a mais no slb, e preocupo-me muito com aqueles que advêm de reclamação e palavras, porque este é o maior sinal de indisciplina.

Agora, dizer que o Benfica tem uma equipa violenta, mesmo com as lesões que referes, e sem entrar em picardia de baú (não sei quem ganha(s)), cai no mínimo na categoria do ridículo...

Trazer o vale e azevedo

 
At 10/30/2006 12:04:00 da tarde, Blogger O pé que está mais à mão said...

Trazer o vale e azevedo, é que me parece um argumento fraquinho...

 
At 10/30/2006 07:03:00 da tarde, Blogger meia distância said...

Deco e Figo.
Jorge Costa e Weah.
Mourinho e Camisola do Rui Jorge.
Iuran e anónimo que andava a passear.

Quanto ao veiga... uma vez tripeiro, sempre carroceiro.

 
At 10/30/2006 07:57:00 da tarde, Blogger tapa buracos said...

Não concordo minimamente com sequer amarelo ao kastou...
Corte limpo, entrou de lado e o anderson a partir do momento em que a bola é cortada passa a ter que tentar evitar o choque com o defesa (medio) que vem em esforço para lhe tirar a bola (que conseguiu).

 

Enviar um comentário

<< Home