quarta-feira, outubro 12, 2005

Leão ferido

O Sporting traçou um caminho condenado ao fracasso. É um facto. E o que me incomoda mais é observar uma total apatia por parte dos dirigentes leoninos para inverter esta tendência.
A primeira atitude minimamente inteligente seria demitir José Peseiro. Até consigo entender a SAD verde e branca em não pretender tornar Alvalade (novamente) num cemitério de treinadores, dando a estes o máximo de estabilidade e apoio para que possam desenvolver o seu trabalho. Contudo, existem situações extremas que exigem atitudes extremas. Peseiro tem de sair o mais depressa possível e ser substituído por algum técnico minimamente competente (Paulo Bento é uma boa hipótese, apesar de, pessoalmente, continuar a sonhar com Paul le Guen), para que ainda tenhamos algumas hipóteses de lutar pelo título esta época. E não nos podemos esquecer que o futebol continua a ser a base do emblema de Alvalade. Actualmente, e depois de todos os desaires passados e recentes, o treinador leonino não tem a confiança e respeito dos adeptos e jogadores e ainda não conseguiu colocar a equipa a jogar de forma consistente: A defesa continua insegura, a transição defesa/ataque continua a ser feita com bastante dificuldade (talvez com o retorno de Custódio melhore), o meio-campo "choca" e ainda não percebeu o desenho táctico (João Moutinho e João Alves atropelam-se constantemente) e a linha avançada anda perdida (Deivid e Liedson ainda não perceberam como vão jogar juntos). Para não falar da má condição física da maioria dos jogadores. Acho que já estava na altura destes problemas técnico-tácticos (qual Rui Tovar!)estarem resolvidos.
No que diz respeito à liderança do clube, gostaria de referir a vergonha que é a actual direcção em que os dirigentes "fogem" dos jogos antes destes terminarem, não conseguem "produzir" um bom tabalho e não têm a coragem de demitir Peseiro (e admitir que erraram em manter o técnico de Coruche). Todos sabem qual o destino de Peseiro. Porquê adiar o inevitável? Penso também que a direcção de Dias da Cunha está gasta ("o poder gasta-se") e necessita de ser substituída. O "projecto" está a desmoronar-se. É necessário sangue e ideias novas. Entretanto, qual não é o meu espanto quando constato que as próximas eleições estão marcadas para Setembro próximo, não possibilitando a uma eventual nova direcção planear a época 2006/2007 em condições (contratar e vender jogadores, assim como arranjar um novo treinador se assim o entender). Ou seja, vergonhoso! E é por esta e por muitas outras que percebo que actualmente o Sporting está nas mãos de uma oligarquia (como li recentemente num post no blog BNRb) e que está emaranhado numa verdadeira "teia mafiosa". Resta-me a esperança de que Ribeiro Telles se candidate e vença e consiga persuadir Bettencourt a regressar. Com estes dois à frente dos destinos do meu clube, volto a acreditar.
Em todo o caso, se esta situação se mantiver, acho quase impossível que o Sporting desmoralizado e perdido de José Peseiro venha a lutar pelo título nacional, que, na minha opinião, poderá voltar a ser conquistado pelas águias. E afirmo isto porque creio que se Koeman não inventar e restringir-se ao óbvio, poderá ter consequências muito positivas. Temos de admitir que o Benfica tem a melhor defesa do campeonato (com Anderson no lugar de Ricardo Rocha), um meio-campo consistente (com Manuel Fernandes e Petit) e que ganhará muito com a inclusão de Karagounis e uma linha avançada que conta com o contributo de Miccoli, Simão e um Nuno Comes moralizado (vamos ver até quando). Ou seja, é um plantel equilibrado e Koeman só tem é de não inventar. Agora se inventar, também prevejo o pior.
Já o FC Porto, apesar de ter um meio-campo fortíssimo (onde se destaca Lucho) e um ataque que conta com o melhor avançado a jogar em Portugal (McCarthy), tem uma defesa irregular e que não "compensa" o resto da equipa. Relativamente a Co, parece-me um excelente treinador, mas demasiadamente "romântico", isto é, tenta sempre jogar um futebol de ataque. No entanto, um "futebol de ataque" não é ter 6 avançados em campo (tornando a equipa completamente descompensada) e um meio-campo incapaz de fornecer bolas em condições para o último terço do terreno (veja-se o exemplo contra o Artmedia). Mas por outro lado, pode ser que o "esquema" resulte a nível interno e que o FC Porto conquiste facilmente a Liga Betandwin. A ver vamos...
Tenho dito!

9 Comments:

At 10/12/2005 12:01:00 da tarde, Blogger Distribuidor de Fruta said...

Deixo-te algumas palavras do teu presidente para ficares mais animado e, quem sabe, rires um bocado...

"há forças interessadas em destruir o trabalho que o Sporting tem vindo a desenvolver e que, por isso mesmo, não perdem uma oportunidade para tentar forçar o desastre"

"Apoiem, apoiem sempre. Apoiem quando tudo corre bem e, sobretudo, quando tudo corre mal, os jogadores, a equipa técnica, aqueles que em campo defendem o Sporting"

"Sei como assegurar as condições de trabalho capazes de nos trazer os resultados que ainda podemos alcançar e que todos desejamos"

Depois disto não resta alternativa senão recorrer ao internamento...

 
At 10/12/2005 12:09:00 da tarde, Blogger LEÃO DESDENTADO said...

:)) De facto é impressionante... já nem sei o que dizer. De início achava piada a algumas declarações dele, hoje em dia já começo a achar preocupantes.

"Há forças interessadas em destruir o trabalho que o Sporting tem vindo a desenvolver"?!? Por amor de Deus! Essas forças são internas e têm tido o seu aval - por exemplo manter José Peseiro ou ter conseguido afastar Ribeiro Telles e Bettencourt quando estes começaram a ter o respeito dos sócios e a quererem limpar a "merda" toda de Alvalade. Isto é que é a verdade!

Não duvido que o "velho" ADORE o Sporting. Mas a sua direcção está gasta. É necessário entrar uma nova (que não liderada por Dias Ferreira!!!!) para prosseguir o trabalho. Só espero é que o amor ao clube de Ribeiro Telles e Bettencourt os façam retornar a Alvalade... como disse, aí volto a acreditar.

 
At 10/12/2005 12:45:00 da tarde, Blogger Capitão Américo said...

Por momentos pensei ver o teu nome como candidato à presidência do SCP - o teu grande sonho...

 
At 10/12/2005 12:58:00 da tarde, Anonymous O Benfiquista Tresloucado said...

Muitos parabéns pelo excelente post.

 
At 10/12/2005 01:07:00 da tarde, Blogger LEÃO DESDENTADO said...

Capitão, quando E SE me candidatar (daqui a muitos, muitos anos!), convido-te para a direcção! :))) A prioridade seria organizar uma equipa competente, trabalhadora e sportinguista (que trabalhasse também por amor ao clube!). Neste momento, o essencial é que o Ribeiro Telles volte para o clube (qual salvador da pátria) para (como disse o Carlos Queirós há uns anos quando era seleccionador nacional) "limpara a porcaria toda"!

 
At 10/12/2005 02:38:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Errata: «... não conseguem "produzir" um bom tabalho e não têm a coragem de demitir Peseiro (e admitir que erraram em manter o técnico do Montijo)». O homem é de Coruche.

Abraços.

RR

 
At 10/12/2005 02:43:00 da tarde, Blogger LEÃO DESDENTADO said...

:)) Obrigado, RR. Vou corrijir.

 
At 10/12/2005 09:40:00 da tarde, Blogger O Menino Afogado no Rio said...

Porra, foi preciso 27 anos para concordar contigo no que quer que seja, mas valeu a pena!!!

 
At 10/13/2005 01:10:00 da tarde, Blogger meia distância said...

Concordo em absoluto com Dias da Cunha. Alguém anda a tentar destruír o trabalho que tem sido levado a cabo... o que o ch´ché não diz é que esse alguém é um grupo de sportinguistas que começaram - mais cedo que outros, que sempre apoiaram DC - a perceber onde isto ia parar.
A verdade é que o sporting - e outros clubes - não foram feitos para dar lucro e para serem empresas exemplares. Do mesmo modo que o BCP e o Grupo Mello não foram feitos para ganhar jogos de futebol...

 

Enviar um comentário

<< Home