quinta-feira, setembro 01, 2005

É obra!

Dezoito foi a oferta máxima, a pronto pagamento, valor que financeiramente não deixaria de constituir um balão de oxigénio para os cofres benfiquistas. Luís Filipe Vieira decidiu-se pela opção desportiva deixando de lado a vertente financeira. Situação idêntica à que acontecera há pouco mais de uma semana, quando o mesmo Liverpool efectuara uma proposta de dez milhões de euros por Luisão, apresentada através do empresário do central. De uma assentada, o Benfica recusa do campeão da Europa 28 milhões de euros!

P.P: Se foi a opção correcta não sei.

4 Comments:

At 9/01/2005 10:43:00 da manhã, Blogger Distribuidor de Fruta said...

Isto vai dar que pensar a todos aqueles que gostam de falar do enorme buraco financeiro onde o Benfica está enterrado.
Se a situação fosse mesmo caótica como se apregoa em praça pública, não acredito que o BES não dissesse à dupla V&V "Vendam esse gajo"...
Mas enfim... o que a rapaziada gosta é de dizer mal do Benfica.

 
At 9/01/2005 11:22:00 da manhã, Blogger Dourador de apitos said...

Olhe que não!!
E digo-te mais: para rejeitar 28M€, a bem da estabilidade da equipa, é preciso ter "big cojones"...
Assim, independemente da correcção das decisões, as mesmas demonstram ponderação, determinação e coragem.
Tenho dito!!

 
At 9/01/2005 03:01:00 da tarde, Blogger Benfiquista desolado said...

Dourador...não sei se reparaste no P.P

 
At 9/01/2005 04:29:00 da tarde, Blogger Capitão Américo said...

Pô... e sem o Simão quem marcava os penalties? Ainda se arriscavam a ganhar os jogos...

 

Enviar um comentário

<< Home