quinta-feira, abril 27, 2006

O título do Co...

Ainda não tinha falado sobre o título do "meu" FCP...
Não foi por ter andado em comemorações - porque isto do hábito modera a euforia - mas mesmo por falta de tempo.
Não quero entrar naquela discussão estéril sobre a identidade do principal obreiro do título, porque, em futebol, todos os ganham e todos os perdem.
No entanto, seja como for e por muitas voltas que se deêm, este é o título do Co:
Por ser o primeiro título da sua carreira (estreia que o FCP já proporcionou a muitos misters);
Por tudo o que dele disseram e que lhe fizeram (umas vezes com razão, outras nem tanto);
Por tudo o que ele disse e fez (umas vezes bem, outras nem tanto);
Por ter introduzido um sistema novo em Portugal (controverso e ousado, mas que está a funcionar bem);
Por ter permitido a explosão de vários jogadores com enorme potencial (a quem muitos vaticanavam o "desterro");
Por ter arrumado jogadores que não serviam as suas ideias de jogo (uns por umas razões, outros por outras);
Por ter lançado as bases de uma equipa para o fururo (com necessidade de acertos, mas com grande margem de crescimento);
Por ter vencido o campeonato por números avassaladores (melhor ataque, melhor defesa e uma vantagem pntual considerável).
Nem tudo foram rosas e o sistema de jogo ainda não teve a prova de fogo, ou seja, a CL, mas estou convencido que, se fosse hoje, o FCP teria passado a fase de grupos em que participou com alguma facilidade.
No entanto, passado o ano de tormento pós-Mourinho, o FCP voltou à "normalidade", estando à beira de conquistar aquilo que para os outros seria um feito (quase) histórico e encheria jornais durante um mês: "a dobradinha".
Por outro lado, o FCP tem hoje uma espinha dorsal sólida e com grande margem de crescimento composta por jogadores como:
Hélton (grande GR e que me faz lembrar o saudoso Mly, o melhor GR que já vi jogar);
Pepe (já hoje um dos melhores centrais do futebol europeu);
Bosingwa (um defesa todo o terreno e com uma velocidade impressionante);
PAssunção (um trinco cerebral e tácticamente perfeito);
RMeireles (forte no controlo de jogo, no passe e no remate);
Lucho (dispensa adjectivos);
Quaresma (idem, o melhor jogador em Portugal).
Aos quais se juntam jogadores com enorme potencial de crescimento como LLopez, HAlmeida, Ivanildo, Ibson, RCosta e Cech e outros que parecem estar na "calha".
Se conseguir manter esta estrutura base e preencher as falhas do plantel (2 defesas de nível, um n.º 10 moderno/eficaz, um extremo direito ou esquerdo de nível e um PL que substitua o Benny) julgo que este FCP pode chegar muito longe!!
E este ano demonstra que nem é preciso ajuda do "sistema", nem de "apitos coloridos" a pedido de terceiros...

11 Comments:

At 4/27/2006 12:27:00 da tarde, Blogger Distribuidor de Fruta said...

Confesso que estava a gostar do que estava a ler e até abanava a cabeça de vez em quando em sinal de concordância, mas depois descreveste o Pepe e o Bosingwa e não mais consegui parar de rir...

A propósito... parabéns pelo Campeonato, foi um campeão justo e merecido, tal como todos os campeões o são.

 
At 4/27/2006 12:36:00 da tarde, Blogger Dourador de apitos said...

LOL
Quanto ao Bosingwa até te perecebo e nem eu estou muito certo do que escrevi...
Quanto ao Pepe não concordo e até eu tenho que mudar o que já escrevi sobre ele:
Encheram-no de confiança e foi um dos melhores jogadores do FCP e do campeonato, sendo o esteio daquela defesa...
Não perde uma bola de cabeça, tem muita técnica e cresceu imenso tácticamente...
Não fica por cá muito mais tempo...
Se tens dúvidas vê um jogo do FCP com atenção.

 
At 4/27/2006 12:40:00 da tarde, Blogger Distribuidor de Fruta said...

Tudo bem, está feito um grande jogador...
Mas de bom jogador do campeonato português a "já um dos melhores centrais da Europa"...

Mas é um facto que foi feito um bom trabalho no Pepe. Está prontinho para ser despachado para o Dinamo de Moscovo por mais 4 milhões de contos.

 
At 4/27/2006 12:54:00 da tarde, Blogger Benfiquista desolado said...

Concordo com algumas coisas, outras nem tanto, mas enfim... o FC Porto é campeão e contra factos não há argumentos. So há duas coisa que gostava dizer: a primeira é que se muitos disseram que o campeonato do ano passado foi fraco e que só por isso o Benfica foi campeão, não vejo o que tenha sido diferente esta época. Não quero, com isto, retirar mérito ao FC Porto, mas não esqueço que o quiseram retirar ao meu clube no ano passado.
A segunda diz respeito à fixação, principalmente, dos adeptos do FC Porto em relação aos jornais e ás televisões.
Metam de uma vez por todas na cabeça que os media não são a Santa Casa da Mesericórida. São um negócio como outro qualquer que precisa de ganhar dinheiro para pagar aos seu funcionários e sobreviver, tal como um escritório de advogados, uma imobiliária ou outra coisa qualquer. Vivem das suas vendas, das audiências, e da publicidade que daí lhes advém.
Não há nenhuma conspiração contra os outros clubes. É um facto, comprovado por empresas especializadas, que as notícias, do Benfica vendem mais que as dos outros clubes. Até nos semanários quando as capas dizem respeito ao Benfica as vendas sobem. É esta a explicação, caso contrário seriam inúmeros directores e responsáveis pelos meios de comunicação, atrsados mentais em desperdiçar oportunidades de negócio...

 
At 4/27/2006 01:15:00 da tarde, Blogger Dourador de apitos said...

Desolado,

Estou completamente em desacordo contigo no que diz respeito à comparação entre este campeonato e o do ano passado.
O do ano passado foi o mais fraco/estranho de sempre e os números comprovam isso mesmo.
Só por curiosidade:
1. O FCP já tem mais 10 pontos do que o SLB campeão.
2. O SLB mais 2 do que quando foi campeão.
3. O SCP mais 5 do que no ano passado.
Não há, no entanto, que retirar mérito ao SLB pelo título do ano passado: foi o menos mau de todos e o que mais pontos somou, tendo ganho o confronto global nos jogos com os seus adversários directos.

 
At 4/27/2006 01:21:00 da tarde, Blogger Pontapé na Atmosfera said...

FDS agora são todos mt correctos... ninguem quer tirar mérito ao porto bla bla bla bla..... o ano passado foi o pior campeonato de sempre o SLB foi levado ao colo, não mereceu etc etc!

O CARALHO É QUE NÃO MERECEU! só eu sei o que sofri jogo após jogo até ao ultimo minuto dos descontos...!!!

E este ano ?! Houve POUCA polémica querem ver ? só para dar o exemplo... o penalty que vos deu o campeonato?! mto bom! acho que espelha bem o que se passou durante a época toda....

CAMBADA DE CORRUPTOS! ...TODOS !
Como é possivel o PC ter sido ilibado no caso "Apito Dourado" ? nem sequer uma penazita de merda... NADA!

RIDICULO

 
At 4/27/2006 01:34:00 da tarde, Blogger Dourador de apitos said...

Este ano houve muito pouco polémica!! Como portista não tenho problemas em afirmar que foi o ano em que o FCP foi menos/nada beneficiado pelas arbitragens, tendo ficado com um saldo quase 0...

A acusação do apito dourado era tão ridícula que só podia ser arqivada.
Para se admitir que o FCP foi beneficiado num jogo em que ganhou 0-2 e que os erros de arbitragem foram todos a favor do Estrela e que o Major se deixa comprar por um relógio de plástico é preciso ser-se um imbecil...
O que não quer, obviamente, dizer que não existam outras situações de verdadeira corrupção envolvendo o PC e outros artistas nacionais.

 
At 4/27/2006 03:38:00 da tarde, Blogger Benfiquista desolado said...

Dourador... O Apito Dourado não é ridiculo...Aliás segundo o despacho, agora conhecido, fica provado que o FC Porto ofereceu "fruta" ao Jacinto Paixão. Ele próprio o admitiu. Em relação ao jogo do Estrela é que se considerou que o clube não sido beneficiado. Nem precisava como era óbvio. Nenhum de nós é estupido para pensar que o FC Porto de Mourinho quereria e precisaria de comprar o jogo com o Estrela.
O que está em causa e isso é que é na minha opinião ridiculo considerar que "fruta" é para um jogo específico e não uma forma ilicita de liderar com árbitros. Então se o Benfica ou Sporting decidirem dar 10 mil contos a um árbitro no defeso, também não podem ser condendos. Nem sequer há jogos nessa altura.

 
At 4/27/2006 03:45:00 da tarde, Blogger Benfiquista desolado said...

Aliás deve ter sido com base nesta minha teoria do defeso que o FC Porto se inspirou há uns anos atrás, quando se soube que pagou um viagem ao Brasil ao Carlos Calheiros, ou raio o parta. Também aqui como é óbvio era impensável que essa viagem fosse uma forma de pagar favores passados ou futuros ao FC Porto.

 
At 4/28/2006 11:10:00 da manhã, Blogger Ze_Manel said...

Estou a ver q voces tambem tem uma seccao com artigos comicos.

 
At 4/28/2006 12:21:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Este "demonstra" da última frase é elucidativo, é primo do "toda a gente sabe" e do "está cientificamente provado". Pelo contrário, o q se "demonstra" é esta necessidade de repetir até se tornar "verdade", invertendo o q tem sido a actuação portista (desta direcção e adeptos) ao longo destes últimos anos

 

Enviar um comentário

<< Home