segunda-feira, outubro 17, 2005

Nos maus momentos...

Porque me parece que há quem sinta a minha falta (e ainda bem...), e porque me parece que querem imputar a mesma aos resultados recentes do FCP (sendo que, na verdade, apenas não tenho tido quase tempo nenhum para ver futebol e para escrever aqui), cá vai a minha análise ao momento actual do meu clube:
Vi o FCP vs. SLB e, sinceramente, fiquei desiludido com o jogo e, como é óbvio, com o resultado... Na verdade, em termos de futebol praticado esperava muito mais e melhor do FCP, mas também do SLB...
Com efeito:
O FCP jogou de forma diferente e pior...
O SLB jogou como costuma jogar, mas exclusivamente assente na sua defesa e o seu meio-campo mais defensivo, que estiveram insuperáveis...
Os jogadores mais avançados do FCP e do SLB tocaram meia dúzia de vezes na bola
O Baía sofreu 2 golos sem fazer uma única defesa...
O FCP teve 2/3 oportunidades de golo e o SLB 3...
No que diz respeito ao FCP, o jogo provou o que eu já pensava:
Neste momento, a equipa não tem um "patrão", nem um líder.
O FCP precisa, pelo menos, de um central, de um lateral e de um trinco experientes e de qualidade extra, que equilibrem a equipa e lhe confiram maturidade
O JCosta ou o PEmanuel têm que ser titulares.
O RMeireles ou o PAssunção têm que ser titulares.
O LLopez tem que ser titular.
O Quaresma tem que ser titular.
O Jorginho deve jogar ao meio.
O HAlmeida deve ser titular.
Quanto ao SLB, as conclusões também são fáceis:
O Koeman não é um treinador tão ofensivo quanto apregoa.
A equipa tem claras dificuldades no último terço do terreno.
Sem o Miccoli perde profundidade e fluidez de jogo.
O Banco deste ano é mais "comprido".
A defesa e o meio-campo defensivo são muito fortes.
O n.º 9 afinal já lá estava e quero ver quem é que o manda para o banco.
O Nélson é um enorme reforço.
Curiosamente, e ao contrário do que a "maralha" ainda para aí a apregoar, acho que este foi o 1.º jogo da época que o FCP não perdeu devido à filosofia atacante do treinador (o onze inicial pode - sempre - ser questionado, mas a táctica não). Com efeito, até ao 1.º golo, o FCP jogou, pela primeira vez, com um "trinco" bem definido e com os dois laterais bem atentos às missões defensivas, não tendo existido situações de um para um e/ou de ausência dos laterais. A prová-lo está o facto de o SLB ter visto a baliza do FCP pela, primeira vez, naquela cabeçada do Simão e, pela segunda vez, no 1.º golo do NGomes.
Assim sendo, este jogo foi um contra-senso: o SLB ganhou bem, mas porque aproveitou dois erros imperdoáveis e infantis de dois defesas do FCP... O Co mudou a táctica, puxou a equipa para trás e ficou, injustamentem a ser o principal culpado da derrota...
Neste sentido, o jogo de Sábado não muda nada em relação à minha opinião sobre o Co (com as virtudes e defeitos que sempre lhe apontei), e creio que o verdadeiro "teste de fogo" vai ser contra o Inter (e que teste!!). Se o FCP perder por muitos (hipótese que admito) e se o Co voltar a insistir nalguns dos erros mais evidentes, a pressão vai aumentar e a sua margem de manobra diminuir substancialmente. Com efeito, como sempre disse, ter ideias definidas é bom, mas ser teimoso/obstinado é muito mau, sendo certo que, com este plantel, qualquer treinador tem a obrigação de ser campeão...
PS: Para os mais distraídos, o FCP ainda vai um ponto à frente do SLB, pelo que me parece um bocado cedo para andar a "encomendar faixas". Além do mais, importa lembrar que, há não mais de 2/3 semanas, o Koeman era uma besta e o NGomes uma "arrastadeira". Mas no futebol o que hoje é verdade, amanhã é mentira...

2 Comments:

At 10/17/2005 05:12:00 da tarde, Blogger Distribuidor de Fruta said...

O meu post não era para ti, desculpa. Devia ter sido mais directo.
Era para a facção esverdeada, excluindo Leão Desdentado, do nosso blog.

Um abraço

 
At 10/17/2005 05:17:00 da tarde, Blogger Dourador de apitos said...

No problem.
Eu, de facto, também não tenho escrito, mas só porque não tenho tido tempo...

 

Enviar um comentário

<< Home