terça-feira, setembro 13, 2005

Que fique por lá...

«Os presentes reiteraram a sua confiança relativamente à condução do futebol do Benfica e manifestaram o seu apoio para que, com união e tranquilidade, consigamos todos ultrapassar esta fase difícil e chegar às vitórias que todos os benfiquistas desejam.»
... por muitos e bons anos.
Não obstante a ofensa a um alto Dirigente do Clube (que, nos termos legais, constitui justa causa de despedimento) a SAD do SLB reiterou a sua confiança no Dragão de Mérito, Ex-Presidente da casa do FCP do Luxemburgo e aspirante ao "trono papal", Sr. José Veiga.
Como portista só posso dizer que é bom ver reconhecidos os méritos profissionais dos adeptos do meu clube, bem como que espero que o Sr. fique onde está por muito tempo. Com efeito, depois da excelente política e metodologia de contratações seguida pelo SLB e da "fuga" do Trap (o tal que regressou a Itália, designadamente à cidade Toscana de Estugarda), os últimos tempos têm confirmado que o futebol do SLB está em boas mãos...

4 Comments:

At 9/13/2005 11:50:00 da manhã, Blogger Distribuidor de Fruta said...

Mas lá que o Dragão de Mérito te lixou bem a época passada, lá isso é verdade.

Mas dessa não te ouvimos nós falar.

 
At 9/13/2005 11:52:00 da manhã, Blogger Dourador de apitos said...

Não foi bem ele...
Para mim, em termos puramente despostivos, o grande mérito vai para o Trap e para o Álvaro Magalhães.
Já foram...

 
At 9/13/2005 12:03:00 da tarde, Blogger Distribuidor de Fruta said...

A partir do momento em que foi ele a escolher o Trap e o Álvaro, acho que tirar-lhe mérito é no mínimo mau gosto ou então é facciosismo.

Eu também não sou grande fan do rapaz, mas atribuo-lhe o sucesso da época passada. A ele e aos dois nomes que referiste.

 
At 9/13/2005 01:22:00 da tarde, Blogger O Menino Afogado no Rio said...

Enquanto ganhar pode lá ficar o tempo que quiser!!!!
Em relação às contratações, é difícil adquirir quem quer que seja sem dinheiro, e como viste o Benfica conseguiu contratar sem gastar dinheiro. Nem todos os clubes se podem dar ao luxo de contratar 50 jogadores, para ver se 2 ou 3 servem.

 

Enviar um comentário

<< Home