quinta-feira, junho 09, 2005

Adriaanse vs. Koeman

Deixo-vos um excerto de um artigo presente em MaisFutebol.

"Para Jan van Halst, ex-médio do Ajax, onde trabalhou com Adriaanse e Koeman, a abordagem ao jogo é totalmente diferente. Enquanto o portista «tem uma postura mais ofensiva, com aposta forte nos jovens», «Koeman opta por esquemas mais realistas, rentabilizando o plantel ao máximo». O actual director comercial do Twente sabe do que fala, porque no clube de Amesterdão viveu o inferno com Adriaanse e o céu com o novo técnico do Benfica."

Jan van Halst

"«Adriaanse nunca apostou em mim e até me colocou a jogar na equipa B, mas quando Koeman chegou, em Dezembro de 2001, voltei à equipa, joguei muitas vezes e fomos campeões, para além de termos conquistado a Taça e participado na Liga dos Campeões do ano seguinte. Ele soube libertar os jogadores e trouxe um novo ar ao clube, introduzindo muitas mudanças, que se revelaram acertadas»"


"Foi uma grande mudança, até para as pessoas de Amesterdão, porque o Ajax era sempre muito ofensivo e passou a jogar de forma mais realista, mudando uma cultura implantada há muito tempo. Só o conseguiu porque é um grande nome e as pessoas respeitaram as suas opções. Com esta mudança, Koeman conseguiu ser campeão por duas vezes»"

Ronald Koeman

"«O Ajax jogava sempre em 4x3x3, mas com Koeman, quando não havia bons extremos, foi aplicado o 4x4x2. Foi um grande choque na altura, mas surtiu resultados positivos, pois ele sabe como rentabilizar os jogadores e se perceber que não pode jogar em 4x3x3, joga em 4x4x2. Penso que esta é uma das características mais importante num treinador, saber rentabilizar o plantel e a capacidade dos jogadores»."


"Enquanto Adriaanse é um treinador «distante» do plantel, Koeman está sempre mais presente, «o que nem sempre é uma vantagem, porque quando se está muito dentro do grupo os jogadores poderão confundir o treinador com um amigo». Por outro lado, «na organização, Adriaanse é perfeito, pois antes dos treinos começarem está tudo organizado, informatizado», enquanto que com Koeman «se um treino não corre tão bem, é compreensivo e conversa com o jogador, encorajando-o a fazer melhor na próxima vez; por outro lado, se alguém trabalhar bem durante uma hora, pode autorizá-lo a descansar»"

Co Adriaanse

"Diferentes no estilo, os dois técnicos preparam-se para enfrentar elevados níveis de pressão. Algo a que Koeman está muito habituado, nomeadamente pela experiência como jogador de clubes de top, como o Ajax, Barcelona ou Feyenoord. «Para mim, o aspecto mais importante para a próxima época é perceber como Adriaanse vai lidar com a pressão de treinar o F.C. Porto, porque se é certo que teve boas prestações com o Willem II e o AZ, no Ajax não lidou bem com esse factor. Agora, que voltou ao top, estou curioso para ver se melhorou nesse aspecto. Quanto a Koeman não há qualquer problema e isso é uma grande vantagem», advogou van Halst."


Sobre o Peseiro não encontrei nada. Nem estilo definido, nem formas de lidar com pressão nem com os jogadores, nada... Mas parece que ele tem um programa informático que lhe disse que ia ser campeão na época passada.

1 Comments:

At 6/09/2005 09:04:00 da tarde, Blogger meia distância said...

ficamos a saber que este gajo quer vir para o Benfica

 

Enviar um comentário

<< Home