segunda-feira, maio 02, 2005

Anjos e demónios...

É o título de um livro do autor de Código Da Vinci, mas que se ajusta, na perfeição, ao Futebol Português...
Senão vejamos, segundo todos os manuais da boa conspiração, o Pinto da Costa é o Papa do Futebol português. Coadjuvado pelo Valentim Loureiro e por outros, montou o famoso "sistema" e ganhou títulos como ninguém, sempre, mas sempre, beneficiado pelos árbitros.
Os demónios!!
Chegaram então ao futebol - depois de estagiarem com o Papa - os Anjos. Defensores da moral e cidadãos exemplares, norteados por um único objectivo: acabar com o famoso sistema. Para tanto, escolheram o Director Executivo da Liga (o maior reforço de um certo clube nos últimos anos) e o Presidente da sua Comissão de Arbitragem.
Por artes diversas, os demónios foram postos de parte ou, pelo menos, temporariamente afastados das suas funções. Tudo começou então a correr bem: os regulamentos começaram a ser cumpridos e as arbitragens passaram a ser exemplares, não beneficiando ninguém em particular...
Mas nem tudo correu como os Anjos planearam: a partir de certo momento, o seu "dream-team", mesmo sendo muito superior a todas as outras equipas, deixou de conseguir explanar o seu futebol e a perder pontos. Os Anjos tremeram: o seu objectivo último não estava assegurado...
Foi então que os Anjos se converteram em Demónios e remontaram, agora em seu próprio benefício, o sistema que tanto combateram. Os seu "peões" tinham que fazer algo e rápido... Assistiu-se então a uma verdadeira "revelação divina": por entre violações aos regulamentos e arbitragens exemplares, o "dream-team" foi levado ao colo em três jogos consecutivos.
Com isto, os Anjos perderam a vergonha e fizeram aquilo que sempre criticaram aos Demónios: encomendaram as faixas, equiparam árbitros, compraram bilhetes e menosprezaram e humilharam os seus adversários
Os seus seguidores - verdadeiros cordeiros de Deus - também se habituaram rapidamente à ideia. Na verdade, melhor que existir um sistema é ser o seu beneficiado directo e o intermediário divino o seu Presidente... Cegados pelo poder tornaram-se "balofos" de orgulho e confiança: Temos fé e vamos adorar a estátua!! Pois de está tudo tratado com o "Criador"... O milagre da multiplicação dos pontos revela-o!!
No entanto, com o regresso ao activo de um dos Demónios que combateram os Anjos entraram em pânico. Iam ser descobertos, a Irmandade Secreta e os seus objectivos iam ser revelados!! O peão foi proibido de falar com o Demónio e começou a trabalhar nos "bastidores"...
Com a aproximação do dia do Juízo Final e a "quebra do selo" a inquietação e a dúvida dos Anjos aumentam de dia para dia:
Quem vai ganhar a batalha final??
Será que os Demónios conseguirão repor a ordem??
Será que os nossos peões vão defender e proteger o "segredo"??
Ou será que vamos, simplesmente, ter um jogo normal, no qual, para nosso supremo pânico, o melhor pode ganhar??
Será que o nosso investimento vai por àgua abaixo e o que jejum vai continuar??
Os outros já ganharam tanto, porque será que Deus e os seus/nossos Cruzados não nos ajudam...
Isto do futebol não ser uma ciência exacta é uma chatice...
Logo nós que somos Anjos e fizémos tudo como devia ser...
Ou será que estudámos mal o exemplo dos Demónios??
O suspense mantém-se e a trama adensa-se, no entanto, os Anjos revelaram-se, desde já, dignos sucessores dos Demónios que juraram, a bem da verdade suprema, aniquilar...
Neste nosso paraíso, as diferenças entre Anjos e Demónios são apenas de estilo...
Uns cometem crimes no/do futebol para benefício dos seus clubes e, indirectamente, próprio...
Outros começam por cometer crimes fora do futebol, de forma a reunirem as posses e os conhecimentos necessários para poderem continuar a sua vida criminosa no futebol...

3 Comments:

At 5/02/2005 07:13:00 da tarde, Blogger Distribuidor de Fruta said...

Está muito giro, sim senhor.

Espero é que não acredites naquilo que escreveste... porque apenas há provas que os demónios o foram mesmo e não que os anjos tenham, efectivamente, sido demónios também.

Mas reforço a minha opinião, está muito giro sim senhor.

 
At 5/02/2005 07:15:00 da tarde, Blogger meia distância said...

entre isto e o que tenho visto por aí escrito...
a forma pode ser diferente, mas o conteúdo é bem pior.
já agora: entre equipar um árbitro (com umas chuteiras) e mandá-lo ao Brasil, quem é o anjo e quem é o anjinho?

 
At 5/04/2005 06:25:00 da tarde, Blogger Dourador de apitos said...

Anjinhos somos nós que ninguém nos paga viagens ao Brasil e ainda nos chateamos por causa de um bando de vigaristas e meninos milionários...

 

Enviar um comentário

<< Home