quarta-feira, abril 20, 2005

Vergonhoso (II)

SAD promete repetir a dose com FC Porto e Sporting...
António Figueiredo, presidente da SAD canarinha, garantiu ontem que se o Estoril não descer de divisão e participar na próxima edição da SuperLiga, repetirá frente a FC Porto e Sporting o procedimento agora tido com o embate diante do Benfica. "Se o Sporting me garantir que compra acima de dez mil bilhetes, comprometo-me a pedir à Câmara de Leiria para efectuar o jogo no estádio da cidade. E o mesmo em relação ao FC Porto, neste caso para jogar no Estádio do Bessa", afirmou.


Não sei se isto é uma tentativa para justificar o injustificável, mas parece-me "pior a emenda do que o soneto"...
Com esta ideia/inventona ficamos a saber que:
Se o Estoril não descer de Divisão, na próxima época também vai "abrir as pernas" ao SCP e ao FCP...
Na Superliga existem clubes que se dispõem a ser meras agências de venda de bilhetes ou empresas organizadoras de eventos...

Se a moda pega, mais vale atribuir, na Secretaria, aos grandes os pontos relativos aos confrontos com os clubes mais pequenos, dispensando-os de disputarem esses jogos e limitando o campeonato aos jogos que verdadeiramente interessam...

Embora, pela minha parte, mantenha o desejo/esperança que o Estoril desça, este "episódio" só serve para demonstrar que é urgente diminuir o número de clubes da 1.ª Divisão.

7 Comments:

At 4/20/2005 01:54:00 da tarde, Blogger meia distância said...

Já começa a cheirar mal tanta conversa.
Quem lhe garante que o Estoril vai perder?
A sua táctica à PC não resulta.
Se o Benfica ganhar, foi o Estoril que deixou. Se perder, ninguém se vai lembrar do que disse... e ainda vai gozar com isso, dizendo que o Benfica contava com favores, mas que o Estoril mostrou enorme brio... blá blá blá.
A mesma desconfiança em relação ao Estoril, podemos nós ter - efectivamente - em relação ao Setúbal, ao Helton, ao Penafiel, ao Leiria...

Se não percebeu eu explico.

 
At 4/20/2005 02:00:00 da tarde, Blogger Dourador de apitos said...

É elhor ser com bonecos, porque qualquer desses clubes fez/tem feito a vida negra ao FCP...

 
At 4/20/2005 02:20:00 da tarde, Blogger meia distância said...

Aí é que está...
Antes do jogo, toda a gente podia ter dito o que o Dourador disse.
Deixe os seus comentários para depois.

 
At 4/20/2005 03:02:00 da tarde, Blogger Sassi Mantorras said...

O senhor Dourador hoje ta a falhar.Para os jogadores jogar com o Benfica é como jogar pela vida ( va se la saber porke, afinal d contas o FCP é q é o campeao europeu, do mundo e nacional), para o contrato.Penso que todos temos presenciado as excelentes exibiçoes dos clubes, até agora mais fracos,contra o glorioso.Se jogassem assim sempre provavelmente n estavam aflitos. O Estoril vai se bater com tudo, e quem facilita e não mete o pé n gnha $$$ e n tem novo contrato.De facto n concordo com a transferencia do jogo para o Algarve, mas porque não usar a receita para por certas contas em dia, se isto fosse noutro pais isso seria mais importante q ganhar, pois dividas fazem com que não possam jogar no escalao maior.Não sejam hipocritas, o Estoril vai se bater com tudo, empolgado com 1 estadio cheio e tb por estarem a jogar contra o maior clube portugues. Quando está toda a gente a ver ninguem quer ficar mal na fotografia, e os jogadores do Estoril n são excepçao. Que me lembre os clubes do norte é que são muito hospitaleiros, e gostam de prestar vassalagem...

 
At 4/20/2005 04:17:00 da tarde, Blogger LEÃO DESDENTADO said...

Sassi, lamento mas não concordo rigorosamente nada quando dizes que os jogadores dos clubes mais "pequenos" só se esforcem contra o Benfica. Na actual época temos assistido a vários jogos que provam que este "fenómeno" acontece quando jogam num desafio com maior visibilidade (normalmente contra um grande). Por isso, não arranjes desculpas para alguns maus resultados desportivos do teu clube ao afirmar "que o adversário esforçou-se imenso", tal como fizeram contra o Rio Ave.
Entretanto, e em relação ao Post em questão, concordo inteiramente com um ponto apresentado com o Sr dourador: é urgente diminuir o número de clubes da 1.ª Divisão, para pelo menos 16 emblemas, para, desta forma, aumentar a qualidade do escalão principal do futebol nacional.

 
At 4/20/2005 04:57:00 da tarde, Blogger Distribuidor de Fruta said...

Concordo Leão, ora se somos 18, com a saída de Porto e Sporting ficam os desejados 16. E também acabava com os jogos fora e em casa. Jogava-se sempre no estádio da Luz, na 1ª mão a bilheteira ia para o Benfica na 2ª mão para o visitante. Isto é que ia ser um campeonato decente.

Agora falando sério, apesar de concordar com a redução ainda não houve motivos que me convençam que seja disso que o futebol português está a precisar com mais urgência.
Acho que primeiro limpava os brindes de duas pernas, os apitos coloridos e as férias no Brasil... fazia umas épocas para ver o resultado e depois sim, caso necessário, reduzia o número de clubes.

 
At 4/20/2005 06:38:00 da tarde, Blogger meia distância said...

Eu penso que a redução é urgente. O problema é quem sai...
Por mim, o Boavista era o primeiro. Sâo os jogos que não consigo ver até ao fim, de tão maus que são.

 

Enviar um comentário

<< Home