segunda-feira, abril 18, 2005

Quem?? (II)

Entretanto, descobri esta pérola:

Depois de uma maré de contratações e saídas nos últimos tempos, o FC Porto continua a comprar jogadores, prevendo-se de novo muitas movimentações para a próxima época. O argentino Lisandro Lopez é para já o único nome confirmado pelos portistas num negócio que poderá ter o dedo do milionário russo Roman Abrahmovich. Ninguém sabe ao certo até onde chegam os tentáculos da fortuna do dono do Chelsea, mas suspeita-se que o dinheiro do magnata esteja por trás dos Investimentos do Fundo Global Soccer Agencies que detém cinquenta por cento do passe de Lisandro.
ISRAELITA ZAHAVI É ROSTO DO FUNDO
A Global Soccer Agencies (GSA) é uma empresa britânica com sede em Gibraltar e suspeita-se, a par de outros casos, que possa incluir participação financeira do milionário russo Roman Abrahmovich, o dono do Chelsea de José Mourinho. O rosto visível da GSA é o empresário israelita Pini Zahavi, amigo de Abramovich que esteve há bem pouco tempo reunido com o presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, e com o empresário português Jorge Mendes, a discutir eventuais investimentos no clube da Luz. Zahavi movimenta-se desde 2000 com à vontade no futebol britânico, depois de ter intermediado as negociações que levaram Rio Ferdinand primeiro do West Ham para o Leeds United e depois para o Manchester United, onde actua ainda hoje. Foi também ele que levou Verón da Lázio para os Red Devils por quase 50 milhões de euros. Terá tido igualmente participação activa nas contratações de Mourinho e de algumas das figuras do Chelsea dos últimos anos, nomeadamente do seu director-executivo, Peter Kenyon, "roubado" ao Manchester. O nome do empresário israelita surge ainda associado ao recente caso envolvendo Mourinho e Ashley Cole, jogador do Manchester, num suposto encontro para tratar de um contrato futuro.
CONTROLAR CLUBES FINANCEIRAMENTE
Zahavi, por via do GSA, tem tentado ultimamente comprar um clube da primeira divisão polaca, o Polónia de Varsóvia, prometendo sanear as contas da equipa que atravessa grave crise financeira. O empresário começou por assumir a representação de vários jogadores do plantel, mas o processo está agora no tribubal numa contenda entre o GSA e o presidente do Polónia, Jan Raniecki. Recentemente o nome do GSA foi também associado ao Deportivo da Corunha que face à necessidade de fazer dinheiro equaciona fazer uma parceria de investimento com este Fundo.
PROVENIÊNCIA DO DINHEIRO SUSPEITA
O GSA, tal como o Media Sports Investments (MSI) ou o Global Soccer Investments (grupo que detém grande parte do passe do portista Luís Fabiano), têm estado envolvidos em polémicas e suscitado diversas dúvidas, nomeadamente quanto à proveninência dos dinheiros destes Fundos. Fala-se em lavagem de dinheiro e a Justiça brasileira tem levado a cabo uma investigação em torno do MSI que assinou uma parceria com o Corinthians, do Brasil, e que levou para o clube várias estrelas, entre as quais o argentino Carlos Tevez e o ex-portista Carlos Alberto. Saliente-se que também as negociações por «Lucho» González, outro argentino apontado como eventual reforço do FC Porto, estarão a ter a intervenção do GSA.

1 Comments:

At 4/18/2005 09:03:00 da tarde, Blogger O Menino Afogado no Rio said...

Pois essas outras já são conhecidas. Esse russo é daqueles que não fica satisfeito com uns triliões, quer muito mais. Normalmente o primeiro milhão de muitos conseguidos é de dificil explicação, porque são normalmente "sujos", mas a este gajo é melhor não perguntar sobre nenhum milhão.

 

Enviar um comentário

<< Home