quinta-feira, abril 28, 2005

O Chelsea de Mourinho

Tenho acompanhado - como quase todos os portugueses, incluindo a RTP, que, para tal, chegou mesmo a "redefinir" o conceito de interesse público/nacional - com alguma regularidade os jogos do Chelsea.
Ora, o jogo de ontem contra o Liverpool serviu para confirmar a opinião que tenho vindo a desenvolver (e que nos jogos contra o Barça me pareceu flagrante):
O Chelsea não joga um bom/atractivo futebol, nem possui nenhum daqueles jogadores geniais e que fazem a diferença por si próprios, sendo, acima de tudo, uma equipa muito coesa, inabalável do ponto de vista psicológico e, na maior parte das vezes, mortífera.
Traçando um paralelismo com o FCP de Mourinho, diria que falta ao actual Chelsea o perfume/encanto do futebol latino e, acima de tudo, um jogador como o Ronaldinho ou o Deco. O Lampard tornou-se o melhor jogador inglês da actualidade, mas temos que convir que fica a léguas de qualquer um deles. Na verdade, julgo que o mesmo está mais para o Maniche de Mourinho do que para o Ronaldinho ou o Deco de Rijkaard...
Não sei se "isto" foi uma opção deliberada do Mourinho (bem conhecedor de todas as vedetas que passaram, sem títulos, por Stamford Bridge) e sei que os resultados/títulos falam por si, mas, pessoalmente, gostava que o Chelsea aliasse mais o espectáculo à eficácia...
Seja como for, estou, obviamente, a torcer pelo Chelsea e pelo "nosso Zé".

3 Comments:

At 4/28/2005 03:49:00 da tarde, Blogger meia distância said...

Ontem a ver o jogo, fiz o seguinte comentário: "falta aqui o Deco".
Podem abrir o Champagne (e mandar vir a fruta). Eu e o dourador estamos de acordo.

 
At 4/28/2005 04:26:00 da tarde, Blogger Dourador de apitos said...

Sou forçado e quebrar uma das novas regras:
Este é um dos momentos mais memoráveis do nosso blog...
Viva a democracia e o diálogo racional!!

 
At 4/28/2005 04:57:00 da tarde, Blogger Distribuidor de Fruta said...

Mas não abusem :)))

 

Enviar um comentário

<< Home