sábado, abril 09, 2005

it's a blow job

Afinal é disso que se trata. O trabalho de um árbitro é soprar um apito. Mas esta é apenas uma das semelhanças entre a arbitragem e a mais velha profissão do mundo.
A outra é ambas as profissões serem controladas em Portugal pelo Reinaldo Teles.
Segundo o prestigiado diário "24 horas", as escutas telefónicas efectuadas pela PJ revelaram o seguinte diálogo entre PC e Araújo (empresário e ex-sócio de Reinaldo Teles), antes do FCP-Estrela da época passada:

A: ligaram-me a pedir fruta para logo à noite.
PC: a fruta já foi mandada
A: é para dormir... e é para o JP (por coincidência as iniciais de Jacinto Paixão que, por acaso, até era o árbitro desse jogo).
PC: responda que sim senhor...

A festança teve lugar no Meridien, na noite do jogo, e contou com as presenças de alguns ilustres: António Garrido, Reinaldo Teles (já estou farto de escrever este nome hoje...), Jacinto Paixão, Chilrito e Quadrado (uma vez que são bandeirinhas estão ilibados!).

Ou Pinto da Costa está a tratar do seu futuro depois de deixar a presidência, decidindo abrir uma mercearia e organizar grandes banquetes de salada de frutas, ou trata-se apenas de mais um caso de difamação contra o presidente azul-e-branco.

Sr. Pinto da Costa: a fruta pode dormir... mas eu não!

3 Comments:

At 4/09/2005 11:44:00 da tarde, Blogger Sassi Mantorras said...

Quantos kg de fruta terá custado a PC, a não mostragem do vermelho directo ao Sr. Pedro Emanuel, depois de pontapear barbaramente JVP?!?!?!

 
At 4/10/2005 11:38:00 da tarde, Blogger LEÃO DESDENTADO said...

A linguagem em código é fabulosa e "completamente indecifrável"!

 
At 4/11/2005 01:04:00 da tarde, Blogger Dourador de apitos said...

Meu Caro Sassi,
A fruta do Bessa ou estava "podre" ou o PC tem direito a "reembolso"...
A única "fruta" que vi no Bessa foi a do Tonito ao Diego, e a do Carlos Fernandes, do Tiago e do Cadú a tudo o que mexia/respirava...
Já depois do jogo, não sei de nada.

 

Enviar um comentário

<< Home