sexta-feira, março 04, 2005

Gestão profissional

F.C. Porto
Couceiro chama dois «bês» e prescinde de Pitbull

O cão-palhaço do circo Cardinalli (grande reforço de Inverno do FCP) já nem para o banco serve (devia estar a desenvolver hemorroidal...). O Leandro e o Areias idem (note-se que só foram convocados 4 defesas de raíz...).
Ora digam lá se isto não é um belo exemplo de gestão profissional e séria do futebol??
É por estas e por outras que não pago quotas para nenhum clube e que, fora a Selecção Nacional, só vou à bola quando me oferecem bilhetes...
Vão mas é brincar com o vosso dinheiro e com o dos outros, que o meu custa-me muito a ganhar.
CHULOS!!