terça-feira, março 01, 2005

Estranho!!

O Jogo diz:
"ÁRBITRO
O melhor dos clássicos
Esta terá sido a arbitragem mais tranquila de um clássico nos últimos anos. António Costa acompanhou os lances de perto, analisou bem a maior parte deles e só terá cometido dois erros da sua inteira responsabilidade: a falta de um cartão amarelo a Manuel Fernandes por falta sobre Ibson e assinalar pontapé de baliza numa bola em que Baía roubou a glória a Nuno Gomes. O assistente José Cardinal teve também dois pecados: um fora-de-jogo mal assinalado a Nuno Assis (7') e um lançamento decidido ao contrário que permitiu a Geovanni oferecer uma bola a que Karadas não chegou."


Já não se fazem clássicos como dantes!! Nenhum caso, nenhum erro com influência no resultado, nada... Nem isto!!
Se não põem mão nisto, qualquer dia não há nada para discutir nos dias a seguir aos jogos...

Só uma dúvida metódica:
O Hugo Viana foi bem expulso por ter "agredido" o João Pereira??
Ou
O Karadas devia ter sido expulso por ter "agredido" o Ricardo Costa??

Pela minha parte respondo não às duas perguntas, mas que o beneficiado foi sempre o mesmo, lá isso foi...

4 Comments:

At 3/01/2005 11:48:00 da manhã, Blogger Distribuidor de Fruta said...

Sou obrigado a concordar com o meu camarada bloquista... ups, bloguista. O beneficiado voltou a ser o mesmo. Tal como no jogo da primeira volta, o beneficiado voltou a ser o mesmo.

 
At 3/01/2005 04:22:00 da tarde, Blogger Capitão Américo said...

Concordo plenamente com a história do beneficiado das bárbaras agressões violentas de sangue esguichado...

 
At 3/01/2005 07:49:00 da tarde, Anonymous Águia Vitória said...

Concordo com a análise do Sr. Dourador de Apitos, mas gostaria de saber a sua opinião sobre se o lance em que o Macarthy entra sobre o Petit, ainda na primeira parte é bem ajuizada.
Lembrava ainda que o mesmo Karadas da "tal agressão", partipa este ano num lance polémico na Luz,de penalty claro e não assinalado, onde o beneficiado não foi o mesmo.

 
At 3/02/2005 03:54:00 da tarde, Blogger Dourador de apitos said...

Confesso que não me recordo do dito lance entre o McCarthy e o Petit, mas admito que tenha sido mal ajuizado. No entanto, também não me recordo que esse lance tenha sido objecto de qualquer polémica ou de análise em sede de "casos do jogo".
Quanto ao lance entre o Karadas e o Seitaridis na Luz, é óbvio que, a ser penalty - o que não corresponde à minha opinião -, o beneficiado seria o FCP.
De qualquer forma, não queria com o meu comentário "beliscar" a actuação do António Costa, que foi quase perfeita (o canto do golo não é canto, mas isso é um erro perfeitamente normal...), mas tão só salientar a disparidade de critérios que, por ser a regra, inferioriza e descredibiliza a nossa arbitragem...

 

Enviar um comentário

<< Home